Bohemian Rapsody - Uma ode à Freddie Mercury

by - dezembro 04, 2018

Dizer que Bohemian Rapsody foi um dos melhores filmes que já vi ainda não faria jus à forma como a obra mexeu comigo. Confesso que a minha primeira lembrança do Queen foi em um DVD de flashback que minha mãe ouvia. Na época eu achava a música muito chata, as performances do Freddie teatrais demais e os clipes muito sombrios. Resumindo: minha adolescência não me permitia apreciar a qualidade musical do Queen. Anos depois, quando me casei, fui me aprofundando, por influência do meu marido, em bandas antes esquecidas. Mas foi quando eu descobri que a música "Love of my Life", que eu amava, era do Freddie, que eu realmente me dediquei a degustar as musicas da banda. 

E foi munida de admiração que fui assistir ao filme "Bohemian Rapsody" ontem. 
Quero destacar alguns pontos a respeito do filme. O primeiro deles é com relação à atuação do Rami Malek como Freddie Mercury. O cara foi simplesmente sensacional! Ele conseguiu traduzir em sua atuação o que eu imagino que era a real essência do cantor e durante todo o filme é impossível não se emocionar com a proximidade que a atuação te faz ter com o artista. A inocência no olhar, a mente visionária - muito além do seu tempo - , o grande coração e a criatividade em cada detalhe da composição de suas músicas, tudo isso foi muito bem exposto e ressaltado por Rami ao capturar e transmitir a imagem de Mercury durante o filme.

Apesar de não ser um filme majoritariamente focado na banda mas sim no Freddie, as pinceladas a respeito da formação e da interação que os integrantes tinham foi outro ponto interessante. A despeito da maior parte das bandas de rock, o Queen aparentemente não viveu o drama do fim, muitas vezes causado pelo destaque de um membro específico ou brigas.. pelo contrário. A banda se manteve - e se mantém - unida, independente do foco ter sido maior ao vocalista. 


Por último, mas não menos importante, o filme te ambienta em uma época onde a homossexualidade e a AIDS tinham destaque nos jornais e andavam praticamente de mãos dadas. Nesse quesito a obra deixa uma importante reflexão sobre a fragilidade da vida e como ninguém está imune a nada, seja você um cidadão comum ou um astro do rock. Nesse ponto vale o destaque à maneira como foi retratada a resiliência e o otimismo de Freddie diante da doença, mesmo sabendo que seu tempo estava contado. O sentimento é ambíguo na cena em que Mercury conta pra banda que pegou a doença: por um lado você fica triste junto com o cantor. É como se você sentisse, junto com ele, que a vida está com os dias contados e esse sentimento ser passado através de um filme foi uma sacada genial. Por outro lado você percebe a força em Freddie e a vontade de fazer do tempo de vida o mais intenso e incrível possível e isso é revigorantemente motivador.

Como eu já disse, foi um dos melhores flmes que já vi. Como expectadora, me senti próxima a Mercury. A obra te faz sentir as mesmas emoções do protagonista e te permite ter uma visão mais humana por trás do artista. Durante as mais de duas horas de duração, o longa te faz ficar com o fôlego preso do início ao fim. É inacreditável por que eu jamais pensei que uma semi biografia de um astro do rock pudesse arrancar tantas lágrimas de mim. 


Recomendo muitíssimo e acho que todos deveriam assistir, sejam fãs da banda ou não. Não é apenas uma biografia, é uma lição de vida. Não é somente uma reverência a um dos maiores astros do rock da história; é também uma reverência à vida, à esperança, à arte, à música, à luta.. coisas que não importa o tempo, nunca são velhas demais para serem lembradas e exaltadas.

You May Also Like

11 comentários

  1. Adorei o filme. Chorei que me fartei em pleno cinema.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia- Imagino ser um filme muito bom de ver.
    .
    * Sou folha escrita em poesia apagada *
    .
    Abraço de amizade.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post!! Muitos beijinhos

    https://quirkymindblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Parece ser um filme grandioso. Fiquei até com vontade de ver.
    Bom restante de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  5. Thank you for dropping my blog! Sure I would love us to follow each other :) Following you now, please follow back :)

    xoxo

    www.loveminnie.com

    ResponderExcluir
  6. Ainda não vi por isso levo a sugestão !!! Bj

    ResponderExcluir
  7. Ainda não vi,....
    Beijinhos
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderExcluir
  8. I have watched the movie, and it surely is beyond amazing

    www.stylebasket.in

    ResponderExcluir
  9. Deve ser um filme muito interessante focado nesse génio da música que foi Freddie Mercury…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  10. Andava a "viajar" pela Net (gosto muito de viajar…) e parei ao ver o título deste post.
    É que ADOREI este filme, que vi logo no dia da estreia, e tive curiosidade em ler o que acerca dele dizias. Concordo em absoluto!


    Fiz-me tua seguidora e gostaria de te ver na minha "CASA".

    Aproveito para desejar Boas Festas e Feliz Natal.

    Feliz Terça-feira e uma boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir